Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Maestro Carlos Sousa considerado jovem Talento Musical de 2017
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Apostar na formação dos músicos da Orquestra Ligeira da Câmara Municipal da Povoação, aumentar ainda mais a qualidade musical da Gala Regional de Pequenos Cantores – Caravela d´Ouro, atrair os povoacenses à rua para ouvir a Orquestra, levar o bom-nome da Povoação a onde forem atuar, são alguns dos objetivos do Jovem Maestro Carlos Sousa que está à frente da batuta desta Orquestra e que foi distinguido no Correio dos Açores como o jovem Talento Regional da Música em 2017.

“Eu nunca pensei que um dia fosse maestro de uma Orquestra Ligeira. Aliás, nunca foi a minha ambição. No entanto, a minha forma de encarar este trabalho é a mesma do que quando estou a trabalhar com uma filarmónica. A nossa terra merece e tem qualidade a vários níveis, nomeadamente ao nível musical. Sempre que descobrir um jovem talento povoacence irei fazer os possíveis para mostrá-lo e desafiá-lo a desenvolver a sua apetência musical”, explicou Carlos Sousa.

O Jovem maestro, que em Junho de 2009 foi agraciado pelo Governo Regional dos Açores com a Insígnia Autonómica de Mérito Cívico – coletiva, possui licenciatura em Educação Musical e Mestrado em Ensino de Educação Musical. Iniciou o seu estudo musical na Filarmónica União e Amizade em 1994. “Desde que me lembro sempre tive um gosto muito especial pela música. Quando era criança e acompanhava as domingas, lembro-me de ir atrás da banda, junto ao senhor do bombo e dos pratos, a marcar o passo. Lembro-me de saber, praticamente de cor, todas as marchas que a banda tocava. Andava sempre a assobia-las”.

Carlos Sousa nasceu em 1986 e é natural da Povoação. Em 2000 matriculou-se na Academia Musical da Povoação em Formação Musical, Trombone e Direção de Banda e em 2006 ingressou no Exército Português, com a função de músico na Banda Militar dos Açores. Desde de 2007 compôs e arrecadou diversos prémios (1º lugar) no Festival Caravela Douro, participou em masterclasses de direção com os Maestros Paulo Martins e José Ignácio Petit, organizou e dirigiu workshops de filarmónicas, com a sociedade Musical Sagrado Coração de Jesus – Faial da Terra e posteriormente com a banda do Caniço e Eiras – Madeira. Organizou também o I Workshop de Jazz da Orquestra Ligeira da Câmara Municipal da Povoação. Possui o diploma de formador.

Em 2012 ingressou na Banda Militar da Madeira e iniciou a licenciatura em Educação Musical ministrada pelo Instituto Superior de Ciências Educativas de Odivelas. Foi Maestro Residente da Sociedade Musicas Sagrado Coração Jesus do Faial da Terra e Maestro Titular da Banda Paroquial de São Lourenço da Camacha – Madeira.

Ganhou o Concurso de Composição de um Hino para a cidade de Sta. Cruz da Ilha da Madeira, no âmbito das comemorações dos 500 anos desta cidade. Terminou o Mestrado em Ensino de Educação Musical na Escola Superior de Educação do Porto e atualmente é Maestro da Filarmónica Aliança dos Prazeres, da Orquestra Ligeira da Câmara Municipal da Povoação e Professor de Educação Musical na Escola Rui Galvão de Carvalho de Rabo de Peixe.

 

 

Povoação, 16 janeiro de 2018

Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal da Povoação

 

Voltar atrás